Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2013

Gostamos de manhãs descomplicadas… (mas não são muitas as que temos!)

Gostamos de manhãs descomplicadas, daquelas em que acordamos sem despertador, simplesmente porque já dormimos tudo o que queriamos. 


A A. gosta de dormir. Desde muito cedo que fez noites seguidas de sono.  Não gosta de acordar cedo e tem mau feitio matinal, o que torna difícil conseguirmos ter manhãs amorosas e calmas. Reclamamos, ao contrário de outros pais, que a A. não acorda cedo e por isso não conseguimos combinar quase nada nas manhãs do fim de semana.  Já nos basta as correrias durante os dias semanais e as tentativas de cumprir horários.  Não acorda cedo, nem come rápido, nem veste qualquer coisa, nem passa sem ler uma história ou fazer um teatro… Enfim doses de paciência são sempre necessárias. Parecemos o Coelho da Alice " Estou muito atrasado! Estou muito atrasado!" Por isso, gostamos de imaginar manhãs tranquilas sem lutas, nem finca-pé, nem chorinhos de birras para atrasar a saída de casa. 
Gostamos de ter truques que nos ajudam nesta tarefa.
LISTA DE TRUQUES P…

Gostamos de música (a propósito do Dia Mundial da Música)

Gostamos de música.
Ouvimos de tudo um pouco.

A A. nos primeiros tempos adormecia sozinha no berço ao som da voz doce da Márcia.
Dos CDs de música infantil que temos, destacamos a colectânea do José Barata Moura, os livros Cantar Juntos da associação A-PAR, o cds de Natal da Leopoldina com os clássicos infantis, a história do Pedro e do Lobo contada pela Catarina Furtado e tocada pela Orquestra Gulbenkian e as músicas personalizadas do projecto As tuas músicas.
Encomendámos esta semana o recém publicado livro-cd Histórias da Música de Portugal e também os poemas e músicas do Canta o Galo Gordo de Inês Pupo e Gonçalo Pratas.

Gostamos da viola do avó Zé e das suas cantorias nas festas e do piano do primo Pedro.
Gostamos dos ouvidos atentos nos concertos, das imitações dos instrumentos, dos ritmos que fazem dançar as pernas.
Gostamos de bandas filarmónicas e festas populares com bailaricos a pares e ranchos que rodopiam com mãos no ar.
Gostamos das rodas de dança dos casamentos onde a A…